fbpx

Empresa cearense aposta em entreposto móvel de pescado para facilitar logística no processamento de peixe

Empresa cearense aposta em entreposto móvel de pescado para facilitar logística no processamento de peixe

A empresa Piscis, filiada ao Sindicato das Indústrias da Alimentação e Rações Balanceadas no Estado do Ceará (Sindialimentos), dispõe de uma alternativa para os produtores de peixe que desejam oferecer o produto fresco aos consumidores: um entreposto móvel de pescado. A estrutura montada em um contêiner contém equipamentos essenciais para o processamento do peixe, como: cilindro lavatório, tanques e esteiras.

O meio de produção disponibilizado no entreposto móvel atende a legislação do Serviço de Inspeção Estadual e a qualidade do pescado foi validada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) em recente pesquisa publicada. Ademais, a tecnologia disponibilizada na estrutura móvel garante ainda uma maior durabilidade para as vísceras do peixe, que podem servir de matéria-prima para a produção de óleo, por exemplo. Atualmente, a estrutura está disponível para interessados.

A Piscis atua no segmento de aquicultura e com destaque no mercado por realizar o aproveitamento de resíduos do abate do pescado para transformá-lo em óleo.

“Com o processamento rápido do peixe por meio de equipamentos adequados, o produto chegará ao consumidor da melhor maneira, sobretudo, se o método for aplicado logo após a de

Deixe uma resposta

Fechar Menu